segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Blogagem coletiva: "Nós os pais!"

O pai da Maria Rita aceitou na boa, e eu pensei que seria difícil, hein! Quem conhece, sabe!
Meu amor, mais uma vez você me surpreendeu!
Com vocês, estrelando o papai da Maria Rita:
"Maria Rita 1º capítulo : Era o terceiro exame para sabermos o sexo , a pediatra dizia que era menino com certeza , olha o batimento cardiaco , olha a agitação , todos os amigos, parentes, irmãos , todos diziam a mesma coisa : " é menino " , somente o meu pai havia dito : " eu tenho certeza que é uma menina " , aí começa a melhor parte .
Fomos para o terceiro exame chegando lá pegamos um médico muito engraçado , que logo nos perguntou : "O que vocês preferem ?" "Menino!" respondemos. Aí o medico doido falou em tom de brincadeira :" Menino, menina, é tudo a mesma coisa , vai dar um trabalhão pra voces , noite sem dormir ....". Pois bem, começa o exame e eu já quase passando mal de ansiedade , a Maria Rita com as pernas cruzadissimas , e nada dela abrir as perninhas , de repente o dr maluco deu um cutucão na barriga da Aline , aí a Maria Rita de imediato abriu as perninhas. O doutor maluco gritou : "Olha papai , o tamanho da perereca dessa menina!!!" , a Aline olha pra mim com os olhos arregalados que só de olhar já era uma pergunta , tipo assim : é agora ? Aí olho para trás está minha mae e minha sogra se abraçando e chorando ... Agradeci o doutor pelo "pererecão " e fomos embora ...
Era na hora do almoço, saimos da clinica e eu fui mudo da clinica até em casa , e eu já pensando: "Caramba, vou ser pai de uma menina , que responsabilidade!" , e continuva mudo ....
Almoçamos e fui trabalhar , naquele dia eu tinha um futebol marcado e geralmente saio da loja às 18:00 horas , nesse dia sai as 18:50 , moro a 03 minutos do trabalho , cheguei em casa , peguei o uniforme do futebol , dei um beijo na Aline e fui correndo para o futebol , ou seja depois do exame eu não parei pra conversar com minha esposa ...
Cheguei do futebol por volta das 21:00 horas e estranhei minha mãe no meu portão. Quando entrei com o carro, a Aline entrou para casa e minha mãe ficou no portao me esperando . Poucas vezes eu vi minha mãe tão séria , disse que meu pai queria conversar comigo e que era urgente. Nem tomei banho e fui lá. Entrei em casa  e a Aline com os olhos de muito choro , tomei um susto. "O que houve Aline?" Ela respondeu: "Vc tá rejeitando a menina e falou + um monte de besteira" . Aí cheguei na casa do meus pais , meu pai e meus irmãos com um olhar que eu nunca tinha visto antes de casar com a Aline começaram o jugamento : meu Pai disse pra mim :"Você nunca me decepcionou , tá ficando maluco p... , ta rejeitando tua filha, a Aline tava aqui desesperada dizendo que se você nao quisesse criava ela sozinha , tá doido!". Eu que nunca tinha apanhado , pensei que iria apanhar depois de casado e meus irmaos e minha mãe me olhando com aquele olhar de brabo...
Eu expliquei que não era nada disso , e que todos, inclusive a pediatra, me afirmavam que era um menino. Aí fiz planos , jogar bola comigo , flamengo , maracanã .... eu já imaginava isso tudo , fora que eu imaginava uma responsabilidade menor se fosse menino .
Bom, passou , e entrou em campo a Maria Rita , experiência mais linda que já vivi até hoje, a menininha mais linda do mundo que eu já vi até hoje , já levei ela pro campo , assiste jogo do mengão comigo , eu jamais rejeitei minha filha , foi só uma boba ilusão de pai de primeira viagem , depois daquele "pererecão" do médico maluco minha vida é totalmente em função da Maria Rita!
Quando os pais tiverem outra oportunidade eu blogo novamente ....
Amor te amo !!!
Anderson."

Isso msm, Maria! Papai merece muitos beijos!
Nós te amamos muitoooooooo!
Gostaram? Que bonitinho, né!
Bjs.
A gente se vê!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Papai no blog... Isso vai dar certo?

Achei super legal esse negócio dos papais invadirem a blogosfera das mamães com a blogagem coletiva que vai acontecer no dia 28/02. (Fiquem ligadas!)
Aí parei pra pensar no olhar dos pais como são diferentes das mães, pelo menos em alguns pontos: a gente é cheia de "frufru", né, e eles são mais assim, não sei como dizer, mais assim "deixa solto!" ... Meninas, não tô generalizando o negócio não, vou tentar explicar:
* A mamãe chega na sala e vê um chinelo no meio do tapete, automaticamente a mãe pensa em 84569712 maneiras de como sua filha pode tropeçar naquele chinelo e cair;
* O papai chega na sala e vê a mesma cena, automaticamente ele pensa: "Ah, já que já tem um chinelo aqui, posso deixar os meus também!", ou seja, mais 895426731 chances da sua bebê tropeçar...
Aí o que acontece: se a mamãe tá tomando conta, realmente a criança tropeça, cai só de encostar no chinelo e pronto, o drama (de novela mexicana) tá formado. Se é o pai tomando conta, a criança corre dez ou mais voltas pelos chinelos, não cai, nada acontece e ele finaliza assim: "Viu, você é neurótica!"... E o pior, tem hora que eu tenho que dar razão ao papai da Maria Rita!!!
Ontem estava conversando com uma amiga que tem 01 filho com 06 anos e ela contou que quando é ela que vigia o banho do filho é tudo tranquilo, agora quando ela pede o pai pra vigiar o banho do Davi, aí é uma festa completa, até mergulho ele consegue fazer dentro do box!!! Tão entendendo!
Outro dia, o papai da Maria Rita vibrou pq ela subiu uma escada com 17  degraus sozinha... Detalhe: a Maria passa tranquilamente pelo corrimão dessa escada... MEU DEUS, onde tava a mãe dessa criança???
Por causa dessas e outras, convenci o papai a participar dessa blogagem e quer saber... vai ser muito legal e eu vou passar a admirá-lo mais ainda como marido e como PAI.
Esse é o selinho que a Anne fez para a blogagem dos papais...
Deu uma dó do bebê, tadinho!!...



Esse é ó papai da Maria Rita... Aliás, o que ele está fazendo olhando para essa foto q não tá de olho na Maria?... Olha esse deck sem grade!! Se de repente ela solta dele e acha de correr... Aaaaai, Jesus, que perigo!!!... rsrsrs
Um ótimo final de semana pra vocês, muitas inspirações para os papais!
Bjs.
A gente se vê!

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A "papagaia"

Essa semana Maria deu um sustinho na gente. Sábado à noite, de repente, ela deu uma febre de 39º. Na segunda, ela apareceu com o corpinho todo pintadinho de bolinhas vermelhas, corremos para o médico, fizemos o exame de sangue e graças a Deus, nada demais. Apenas um quadro viral ou virose - como já estamos acostumados a ouvir - que é comum e dura uns 04 dias. A gente só precisou ficar observando se não aparecia mais nada até ontem. Tudo tranquilo, Maria é só alegria!

No domingo, Maria ainda um pouco "amuadinha" da virose
Agora ela tá na fase de repetir tudo que a gente fala e tem que ter maior cuidado com o que fala perto dela. Perguntar para Maria qual o nome dela é conversa pra mais de meia hora. Terça feira fomos num aniversário de uma colega e o diálogo foi o seguinte:
Moça - Ai, que gracinha. Qual o seu nome?
Maria - Nome.
Moça - Não, o seu nome.
Maria - Seu nome.
(Nessas horas, a mamãe até tentou ajudar, mas eu queria ver até onde a moça ia ter paciência!)
Moça - Olha, o meu nome é Luciana. E o seu?
Maria - O seu.
(Gente, parecia que a moça tava conversando com o Seu Barbosa. Lembra, da TV Pirata??? Aí, entrei na conversa porque tinha mais umas 20 pessoas para perguntar o nome dela e ajudei:)
Mamãe - Fala filha: Maria Rita!
Maria - "Malia"
ÊÊÊ!!!
***
Bom, Maria Rita passando bem, fomos dar a saidinha em casal da semana: fomos com amigos e cumpadres tomar um chopp e conversar sobre os preparativos do Carnaval, que não vemos a hora de chegar: Maria Rita, Lucas e Manuzinha juntos. Meu Deus! ... Quando voltei pra pegar Maria na casa da vovó, ela já estava dormindo. A Vó Dila me disse que uma determinada hora ela tinha chorado e chamado pela mamãe, mas eu não precisava ficar triste nem com culpa, porque rapidamente fui trocada por uma volta de carro que a tia chamou pra dar. Olha isso: tanto amor pra ser trocada por uma voltinha de carro pela rua mesmo!!
Acho engraçada essas saidinhas que damos às vezes sem nossos filhos. Mesmo assim, não conseguimos ficar sem falar um minuto sobre eles. Lembro uma vez que saí com umas colegas e só uma não tinha filho e essa nos propôs ter uma conversa onde não falássemos de crianças, tipo aquela brincadeira: "Quem falar, comeu ... !". Então, não aguentei, "comi" umas dez vezes!!!


Um ótimo fim de semana pra todas!!!
Bjs.
A gente se vê!



quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Qual o preço da saúde de um filho?

Como eu disse no post anterior, o problema é a ansiedade. Conversei esses dias com uma mãe que também tinha problemas com o leite de vaca com sua lindinha e peguei o telefone de um GASTRO muito recomendado. Qual é a mãe que não quer escutar de alguém que tem uma solução para o tratamento de um filho?!... Pois bem, marcamos consulta, pedimos urgência e lá fomos nós (mamãe, papai e Maria) para a consulta com o doutor.  A consulta deste médico varia de R$ 400,00 a R$ 600,00, mas para ouvir uma solução imediata nós, pais e mães, corremos atrás do valor que for. Infelizmente, ouvimos deste educadíssimo e atencioso médico ( a Maria adorou ele, brincou, conversou...) após quase uma hora de conversas e explicações que o tempo é o remédio para a alergia às protéinas do leite de vaca. Sugeriu-nos esperar mais 06 meses para realizar outro teste porque alergia é COISA SÉRIA e é diferente de intolerância, neste caso, os derivados e o leite podem ser introduzidos aos poucos!... Diante de uma segunda opinião, ficamos menos ansiosos e com o coração mais aliviado... Eu fico pensando quanto vale o preço da saúde de um filho? Porque se tivesse um tratamento, um remédio, poderia ser o valor que fosse, mas simplesmente não tem!!! ... Ai...
Hoje eu estava lendo no jornal sobre o caso da menininha Bruna de 02 anos que aguarda o transplante de fígado e fiquei pensando na agonia dessa mãe e de tantas outras mães que passam por problemas com seus filhos que não dependem só de dinheiro, de posição social... Vocês devem estar lendo e pensando: "Tá vendo, isso com a Maria não é nada!" e graças a Deus não é mesmo, o único problema é que a gente  quer ver logo nossa Maria Rita podendo comer de tudo e nem posso reclamar, porque a Maria pra comida salgada (arroz, feijão, legumes, carne...) é uma benção!!!  Nossa preocupação é com a entrada da Maria na escolinha, na hora da merenda, mas ainda vamos lá para conversar e sei que vai dar tudo certo. Ela já presta atenção nas coisas que a gente tá comendo e fica querendo saber o que é, dependendo, se tiver leite eu falo que "É Ruim!"
Todo lugar que a gente chega e oferecem alguma coisa que eu sei que leva leite, aviso logo que ela tem alergia. Claro tem gente que pensa que eu sou daquelas mães frescas e tem gente que manda logo: "Ah, tadinha"... Tadinha é o que eu mais escuto! Mas, não deixo ela "aguar" não. Carrego os biscoitos dela, o Sollys Original, o Vitalon, o danete de soja, os sucos, o chocolate, a bolsa vai lotada!! E a Maria segue serelepe e levada sem se dar conta da ansiedade dos pais... e melhor que seja assim, porque ela é o presente mais precioso que o Papai do Céu nos mandou!

Meu presente!... Serelepe e esbelta!

****
Por falar em escolinha, no Blog da Ana Cristina tá rolando mais sorteio: etiquetas com o nome da criança para colar no uniforme, muito legal e prático. Eu já to garantindo a nossa participação! Valeu, Ana.

****
Queria agradecer aos vários emails e convites para o show do Zeca Pagodinho (11/02) no Pier Mauá. Ainda não vai ser dessa vez,mas continuo com o objetivo. Obrigada!

Bjs.
A gente se vê!

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Muito agito e a primeira palmada a gente nunca esquece!

Desculpem a ausência da semana passada aqui, mas tava tudo muito agitado. Muito trabalho no trabalho e em casa: obras e testes de alergia. Pois bem, como eu já disse aqui no blog, minha Maria Rita é alérgica às proteínas do leite. Semana passada, a Maria fez o quarto teste de alergia e ainda deu "um pouquinho" em relação à uma proteína. Já chorei, já questionei, já reclamei, já agradeci e já pedi perdão, porque se a gente parar pra olhar em nossa volta, vemos crianças com problemas muito mais sério que o da nossa Maria Rita. Graças a Deus, para nossa família é só mais uma questão de tempo e pra quem já esperou 02 anos pode esperar mais um mês. Falta pouco, o problema é a ansiedade!  

****

Bola pra frente, mais novidades: nosso biquini, que ganhamos do sorteio promovido pelo blog que eu adoro Mãe Mochileira, Filho malinha em parceria com a Mini Encanto chegou também na semana passada. Que qualidade, que delícia de detalhes (Maria adorou o lacinho da frente), que encanto! Obrigada mais uma vez! Como tínhamos que extravasar o estresse da semana, corremos para a praia e o resultado foram muitas fotos:



Minha mini fashionista!! ...rsrsr... A calcinha tá por cima da fralda de piscina...
Muito lindinho! Adoramos!
 
****
Desculpem as adeptas do "Contra as palmadas", mas tem hora que parece ser necessário. Maria Rita está um "pouquinho" abusada, alguém sabe de algum teste pra ver se isso também passa? Enquanto não sabemos, muita paciência, mas ontem foi demais: A Maria queria ficar arrastando o bumbum no chão de cimento como se fosse um escorrega estragando o short, por duas vezes eu disse pra ela que não podia, ela olhava  pra mim e voltava a fazer, por duas vezes sentei ela de castigo para ela não fazer novamente, ela saía do castigo e voltava a arrastar o short. Na última tentativa, que até então era apenas assistida pelo pai dela, eu disse: "Maria, não arrasta"! - Sabe o que ela respondeu: "AAASTO SIM!". Não prestou, papai deu-lhe uma palmada na bunda (por cima da fralda, claro!), mas bem doída. Podem ter certeza, doeu mais nele do que nela. Depois disso, ela ficou sentada quietinha do lado dele e chorando, mas não amaciei, apesar do meu coração pedir muito. Quando passou os minutinhos, ele foi acalmando ela, voltaram a brincar novamente, eu dei uma banho nela, papai deu "jantinha" e pasmem: ela voltou para o quintal, foi para o local do "escorrega", olhou para mim e o papai dela, abaixou-se, mas não encostou o bumbum no chão e ficou cantando uma musiquinha que a gente canta pra ela quando vai dormir: "Gatinha da mamãe, gatinha do papai!"... Posso com isso?!

Foi para começar a semana!

Bjs.
A gente se vê!