quinta-feira, 28 de abril de 2011

A rebeldia

Outro dia li um post da Mariana do Pegueno Guia Prático, mãe da Alice e fiquei imaginando se realmente não está acontecendo o que a coordenadora da escola da filha dela disse: "Falta pulso, autoridade. Observa pais imaturos, extremamente permissivos, com outras prioridades e que tentam compensar falhas ou ausências com coisas materiais. Resumindo, estamos criando uma geração de monstrinhos individualistas, consumistas e sem limites." 

Lá em casa, por exemplo, a Maria Rita anda meio rebelde, grita para pedir as coisas ou tenta nos vencer pelo cansaço. É mais ou menos assim: chego do serviço, a Maria Rita fica toda alegrinha, mas não demora 01 minuto pra começar a pedir Mamá, mamá, mamá e não tem Cristo que faça ela ficar quietinha até eu sentar no sofá e "entochar" o peito na boca da criaturinha.

E agora deu pra não querer falar com os outros. Quando vamos na casa de alguém, se ela cismar, nem oi. "Queo falar não!" E dependendo, se não tiver criança: "Queo imboia agora!". E fica nisso até alguém conseguir entretê-la com outras coisas, mesmo assim depois de muito tempo.

E a vergonha que a gente fica das pessoas! Chego em casa, converso, falo que ela vai ficar de castigo e penso se ela está entendendo com essa idade. Ela fica me olhando repetindo o que eu falo "Castigo?" "Pode guitar não?"... Será que tá entendendo?

Tenho medo de não ter pulso com a minha filha. Assisto a Super Nany de vez em quando e já me peguei imaginando a visita dela lá em casa. Já pensou?

Nannyyyyyyyyyyyyyyy... rsrs
Essa coordenadora está certíssima. A Maria Rita tá pra entrar na escolinha, e aí? Como vai ser quando ela levar um NÃO bem grandão da tia ou for colocada de castigo?... Não que lá em casa ela não escute esses NÃOS, mas acontece algumas vezes comigo e com o pai dela que pra acabar logo com o "desesperozinho" dela e na verdade da gente também, porque quando a gente chega em casa quer um pouquinho de sossego, faltamos com PULSO e autoridade. Eu acho q isso deve acontecer com muitas mães e pais que trabalham fora ou será que eu tô começando tudo errado?

Obedece a mamãe, criaturinha!
Falando em sorteios, que eu adoooro:
* o blog do Vestido de Rodar com a Vila Panno está fazendo um sorteio de um kit lindo para o café da manhã das mamães maravilhosas, pacientes, lindas... modestas!!!

* o blog da Livia também está sorteando o livro "Para a minha mãe". A sinopse tá lá.
Boa sorte a todas!

Bjs.
A gente se vê.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Dá pra mudar para outro bichinho na páscoa?!

Aproveitamos o feriado para passear um pouquinho. Maria adora praia, então partimos pra lá. Nada de muito tumulto, Maria comeu bem, comportou-se até que avistou o pula pula na praia... De quem foi essa idéia? ... Disparou: "Óia, mãe, puia puia! Puia puia! Puia puia!..."

Não teve jeito. Foi para o pula pula. Detalhe: na praia é tudo mais caro!

Olha a alegria!
Uma pulação, uma alegria só, muitas fotinhas, muitas poses, até o dono do pula pula dizer a célebre frase: "O tempo acabou!". Nossa, é o fim! Acaba com todo o conceito de educação que você tentou passar para uma criança de 02 anos entender que aquilo uma hora vai ter que acabar e que ela vai ter que esperar a vez dela novamente!

E pra esperar a vez, papai compra uma bolinha... A troca deu certo, graças a Deus, mas sei também que não é certo... Não pode, não pode, não dá, não dá!... Calma, mães, vou ensinando ela aos poucos, mas ali naquele momento, qualquer coisa para acabar com aquele "desesperozinho"!... Deixem passar só essa vez, please
Pronto... Esqueceu o pula pula!
Bom, chegando na páscoa, choveu coelhos lá em casa! Toda páscoa desde que a Maria Rita descobriu a alergia é assim... Pensando nisso, tô com uma sugestão: Dá pra trocar por outro bichinho na páscoa do ano que vem? (se ela ainda tiver com alergia, né!) Sei lá, um outro bicho que bota ovo: Galinha, Tartaruga, peixe, arara, até sapo... Só pra variar!... O coelho nem bota ovo!... Eu, hein!

E à noite, quis dormir com todos os coelhos no berço!
Tão entendendo?!
*
(Gente, brincadeiras à parte, por favor, eu sei o significado do coelho na páscoa, tá! Símbolo da fertilidade... Êêê, cultura!)

Bjs.
A gente se vê!


quinta-feira, 21 de abril de 2011

Maria e suas manias

Isso mesmo, Maria Rita tá com umas manias novas: de remédio e de TV.

Não pode dar mole com remédio perto dela. Outro dia, uma bobeira que eu dei, ela virou meio vidro de sorine. (Graças a Deus era sorine!)... À noite, quando ela começa a ficar meio sonolenta, já começa: "A Maia tá com febre, queo remédio!"... E pior que ela está tomando vitamina C (Cewin), toma e ainda acha "muto bom!"

Se cai e se machuca um pouquinho, chora e pede: "Óia, Tá dodói... queo remédio!" Tudo pra ela tem um remedinho!

A da TV é que anda me preocupando um pouco. A Maria tá vidrada em DVD. Esses dias comprei o Toy Story 3. Pra quê?! ... Ela não quer sair, nem pra ir no pula pula, só quer ficar vendo o filme dos "binquedos". Às vezes, ela troca um pouquinho para Galinha Pintadinha ou para o Pinguim (da XUXA 10), mas se deixar ela fica o tempo todo em frente à TV.

Tem mãe que vai falar assim: "Que benção!"... Realmente. Eu consigo fazer algumas coisas enquanto ela tá vendo TV, mas convenhamos tudo demais é ruim ou atrapalha. Por isso, tenho chegado em casa e vou andar de bicicleta com ela, dou umas voltas na pracinha, levo pra brincar com o primo...

Essa mania é nova... Isso não pode! ECA!

Mania de danete (de soja, tá!)

Mania de Flamengo... Essa mania herdou dos pais desde que nasceu!

Mania de se divertir com a mamãe muuuuuuito...
Essa mania você tem que ter pra sempre, tá, Maria!
Não vejo a hora dela começar na escolinha, pra se distrair mais com outras crianças, apesar de ter outras preocupações, mas isso é história para um outro post.

Dica desse post: aproveitem o feriadão para se divertirem muito com seus(a) filhos(a). Vamos passear, nadar, correr, pular, andar de bicicleta, agradecer a Deus e no domingo, muito chocolate pra todo mundo!!!

A gente se vê!
Bjs. 





sexta-feira, 15 de abril de 2011

O adeus ao último bisavô!

Ando lendo em muitos blogs as despedidas do vovôs e vovós. Acho que a minha Maria Rita foi privilegiada, porque até ontem ela ainda tinha bisavô. Um bisavô exemplar, aquele tipo "patriarca" mesmo, se preciso fosse puxava a orelha de todo mundo.
A Maria com certeza vai ouvir muitos exemplos que ele nos ensinou como amar e cuidar do próximo de verdade. Ontem no enterro, um senhor disse: "O seu vô Zezinho tinha que escrever na brasília amarela dele a palavra: AMBULÂNCIA de tanta gente que ele socorreu!"
Também vou ensinar a minha Maria a ter paciência com os idosos e aprender a ouvir quando eles contarem a mesma história 20,30 vezes porque nada faz esses momentos voltarem. Quem dera, se eu pudesse só mais uma vez ouvir uma história dele e falar tudo que eu não falei. Pedir só mais uma vez a sua benção!
Obrigada por tudo, vô! Bença...

Novidades sobre o desfralde: Maria Rita tá fazendo xixi no pinico... Ainda tem umas escapadinhas, mas ela não quer colocar a fralda mais, só para dormir. Quanto ao cocô, ainda estamos no caminho. Mesmo assim quando eu tiro da calcinha aqueles pelotinhos e jogo no vaso a Maria vem ver e fica: "Tchau cocô!"... Sigo na luta, companheiras!

Bjs.
A gente se vê!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Blogagem coletiva: Maternidade Real


Na realidade, minha gravidez foi tranquila. A hora do parto mais ainda, sem dor, mas morrendo de medo da anestesia;

Na realidade, a partir da 2a. noite a mãe aqui já não dormiu mais uma noite inteira porque toda hora acordava pra colocar a mão na frente do nariz da Maria Rita pra ver se ela tava respirando (não adianta, toda mãe faz isso!);

Na realidade, a mãe de hoje até volta a ficar linda e sexy mais rápido com ajuda de uma supermegacinta PP e um photoshop e o marido vai ficar falando que você tá ótima porque ele não vai te aguentar com depressão pós parto;

A verdade é que você, mãe, vai querer comprar o último lançamento da Fisher Price para a sua bebê e o que ela vai perder horas brincando mesmo são com os bonequinhos que vem no lanche do MC Donalds;

Hoje eu não consigo mais ver TV, porque não adianta sua TV a cabo ter mais de 80 canais (a realidade de hoje do mundo da TV digital!), só o que funciona aqui em casa é a Discovery Kids;

Se maquiar como antes?! Realidade remota! E mesmo quando você consegue e finalmente coloca aquele vestido que voltou a caber em você, não vai dar porque com este você não consegue amamentar. Resultado: mais uma hora escolhendo outra roupa até o marido gritar!

Na real, você vai querer muito que o seu filho durma no quarto dele, mas acha super emocionante acordar no meio da noite e encontrar pai e filha dormindo quase na mesma posição tranquilamente;

Você vai passar por tudo isso e mais um pouco do que vai ler nas outras postagens, mas quando olhar pra seu(a) filho(a) vai ver que tudo vale a pena e faria tudo de novo;

Maternidade Real e verdadeira hoje em dia é a mãe se agarrar com Deus e Nossa Senhora, todos os santos e anjos para pedir saúde e proteção pra seu(a) filho(a) porque o mundo já não está como antes quando tudo funcionava do jeito que as mães queriam e as escolas eram os locais mais seguros para um filho.

A realidade de uma mãe que ama muito tudo isso: chegar em casa depois
de um dia de muito serviço e encontrar a sala assim... Eu adooooro!

Bjs.
A gente se vê.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Desmame?! Desfralde!? Qual vai dar certo primeiro?

Não que eu tenha deixado pra tirar tudo junto, mas até agora não deu certo nem um nem outro!!! Meu Deus, é mais difícil do que fazer o marido andar com a gente no shopping e parar nas vitrines para nos ajudar a escolher uma roupa.(Eu nunca consegui!)... O desfralde eu "recuei" porque senti que a Maria Rita começou a prender o xixi e aí fiquei com medo de dar uma infecção urinária, sei lá... Mas continuo levando a Maria no banheiro comigo, mostrando pra ela como a mamãe faz, ela dá tchau pro cocô e muuuuito de vez em quando, ela pede pra fazer xixi no pinico, mesmo assim antes do banho, quando já está sem roupa. Outro dia fomos na casa de uma amiga da mamãe e a Maria ficou horrorizada porque a cachorrinha dessa minha amiga tinha feito cocô no chão: "Não pode fazer cocô no chão, tem que fazer no pinico!!"... A mamãe aqui ficou toda orgulhosa, mas a mãe da minha amiga tinha que estragar tudo, né: "Ai, que linda, a Maria já faz cocô no pinico, Aline?"... Momento de silêncio... Eu não podia mentir, vai que ela lê o blog!!... "Faz nada, só ensina as bonecas dela e os cachorros dos outros!!"... Sai de cena a mãe toda sem graça!!!

E o desmame, então tá mais difícil ainda!... Maria Rita parece que quer mamar mais ainda do que mamava antes, porque antes ela vinha dava uma bicadinhas de 2 minutos e saía, mas agora que eu acho que ela tá percebendo que eu quero tirar, fica mamando uns 10 minutos. Eu tinha decidido que ia amamentá-la até os 2 anos, depois fiquei mais um pouquinho por conta de emergência na rua por causa da alergia dela, mas acho que chegou a hora... Claro, eu sempre amei amamentar, mas agora eu mesmo tenho atrapalhado a Maria com isso, por exemplo, comigo ela não quer almoçar, só quer o peito... Se ela tá com as vovós ou com a Mônica, fica muito bem, mas quando eu chego: "Oi, mamãe, cadê o mamá? Queo só um pouquinho, tá!!"... E se não der, ela faz ficar ecoando na cabeça da gente: "Queo mamá! Queo mamá!"... Estipulei dois horários como o pediatra falou - pra ficar mais fácil pra tirar - e fico passando ketchup e às vezes passo até bepantol no peito pra ver se ela larga.Tá funcionando muito não! ... Ela olha e fala: "Óia o seu peito... Limpa!... Vai tomar banho, mamãe!"...
Tão pensando o quê?! Não existe mais criança boba nesse mundo não!

O dia da primeira mamada na maternidade e hoje com 02 anos me pedindo
com essa carinha!! Quem resiste?
(Imagem do centro tirada da net) 
Nossa, tô super orgulhosa das mães blogueiras!! Viram como a gente "faz barulho"! Parabéns para Thais, Camila, Roberta, Tatiana e Ceila pela reportagem no Estadão! Isso aí, meninas, é só na prática que aprendemos a cuidar de um filho e amar cada vez mais essas criaturinhas que cada dia fazem a gente ter uma história pra contar... E cada história linda!

E pra quem mora no Rio, a dica desse post é a Feira de Gestante e Bebê no Riocentro de 05 a 10 de abril... "Marido, olha só, se eu for, vai ser pra acompanhar a Bianca, tá! O qüê?! O seu cartão? Ah, ele também vai precisar me acompanhar... Pára com isso, seu coração não tá acelerando nada, respira, respira!"... Calma, meninas, ele agora tá bem, vai se recuperar, meu marido é forte! - Ah é, gente, a minha comadre Bianca, a do aniversário da Lapa, descobriu essa semana que está gravidinha (Até que enfim, hein, Renatinho!)... Quem duvida que eu sou uma mãe exemplar pra dar umas dicas pra ela? ... Que isso?! Que montão de mão levantada é essa gente, eu, hein!!!

(Imagem tirada da net)
Bjs.
A gente se vê.