segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Acabou o mamá!!!!

Na manhã seguinte após a festinha da Barbie, começamos o procedimento da retirada do peito, quer dizer, amamentação. (O peito tá no mesmo lugar, tá!)

Sinceramente, pensei que seria mais difícil. Quando tentei a primeira vez a Maria ainda estava com 02 anos e foi super triste pra mim e pra ela, por isso deixei mais um pouco, até por causa da alergia dela ao leite de vaca.

À medida que ela foi “amadurecendo”, eu fui conversando com a Maria que o leite do peito da mamãe ia acabar. Claro que os 03 primeiros dias não foram fáceis, tive que me segurar muitas vezes para não “arregar” e dar mamá pra ela, porque realmente acho mais difícil pra gente do que para os nossos bebês. O pior são as madrugadas... A sua vontade é parar com aquela agonia da criança, fazê-la parar de chorar logo, mas FORÇA, Companheiras!!!

Passei catchup e dizia que o peito da mamãe tinha machucado com os dentinhos dela que agora já estavam grandinhos... Eu sei, tem mãe que deve estar pensando: “Que horrível!”, mas foi todo um processo durante as conversinhas que eu tinha com ela, que ela tava ficando grandinha, que ela tava crescendo... Hoje ela fala assim: “Não sou bebezinha, sou MENINA!” (Mal sabe ela que será minha bebezinha pra sempre!)
Minha bebezinha crescendo e "pensando na vida"...
A partir do 4º dia, a Maria só perguntava se o peito da mamãe tinha melhorado e pedia pra ver. Tinha dia que eu falava que o bico do peito tinha sumido e outros, eu dizia que o leite tinha virado pedra. E daí comecei a perceber que ela estava entendendo, porque quando chegava alguém lá em casa, a Maria logo dizia: “O leite da mamãe virou peda!”. Acho que foi nesse momento que vi que eu estava fazendo a coisa certa.

A alimentação da Maria também melhorou muito porque agora ela come outros alimentos que não comia, já que ela não tem mais a opção do peito...

Minha dica é: “Tire o peito” quando você e seu bebê estiverem preparadas para isso, não precisa de traumas, de pressão de ninguém, é você e seu bebê...

Daqui um tempo, vou começar o processo de retirada da chupeta... Que Deus me ajude!

Bjs.

A gente se vê. 

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Maria Rita fez 03 aninhos!

Maria Rita fez 03 anos! (Todo mundo percebeu a reguinha da idade que aparece aqui em cima, né!) A reguinha até parou, tá mais ou menos igual à Maria Rita que também parou... parou de me obedecer, tá se achando independente, parou de comer o que a gente coloca no prato dela, agora ela quer escolher, parou de ver backardigans, agora quer ver desenhos e filmes e novelas mais emocionantes, parou de aceitar qualquer festinha, agora ela quer escolher o tema e por aí vai...

Sempre achei que a festinha da Maria de 03 anos seria na escolinha, mas como antecipamos as férias dela...
Aí achei que íamos viajar, até que um dia ela falou pro papaizinho dela que queria a festa da Barbie. Fala sério, Maria!

Já viram, né! Sabe como pai é com menina! Ele olhou pra mim e na hora: “Vamos fazer!” e eu com aquele olhar 86 pra ele – porque tem o olhar 43 de “tá querendo?” e o olhar 86 é o de “tá querendo me deixar louca?” – “Como assim, vamos fazer? Falta pouquíssimo!”

Mas os dois vieram com uma conversinha e eu concordei... 

A festa foi numa Casa de Festas aqui perto da nossa casa mesmo e no mesmo dia do niver dela, ou seja, uma segunda feira!  Deu tudo certo, o ruim era achar coisinhas para o tema que a Maria escolheu, mas ela não quis trocar nem por nada. O problema é que tudo que procurávamos com esse tema parecia velho, sei lá, a Barbie já tá praticamente idosa, né! Pelo amor de Deus... Eu e Mayla que o diga, como andamos naquela Rua da Alfândega! Claro que como esse mundo de blogueiras é sensacional, pedi ajuda de algumas amigas e arrumei uma lembrancinha linda que arrasou na festinha. Quem me indicou foi a Fabíola e eu adorei! É da Laine as lembrancinhas que demos na festa: as bolsinhas fizeram um sucesso e o trabalho dela é perfeito:
Sucesso com as meninas!
Para os meninos também foi mais ou menos nesse estilo,
mas não vinha esmalte e era do Hot Wheels. Ah, e em vez de bolsinha era
uma necessaire preta... Confere lá no blog da Laine!
Logo no outro dia, o aniversário foi da vovó e como o bolo da Barbie ficou inteirinho, aproveitamos para cantar os parabéns pra vovó também... Isso é sustentabilidade! rsrsrs
A vovó ta com a Maria no colo! Parabéns vovó! 
Agora já comecei a fazer a cabecinha da Maria pra quando ela fizer 04 aninhos:”Vamos viajar de avião, filhinha, para um lugar bem lindo, com praia, parque aquático, muitos brinquedos...” Vai que cola!!!

Bjs.
A gente se vê. 

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Um mês e alguns dias depois...

Oi, gente linda, crianças lindas, mães dedicadas e pais que amam muito tudo isso!!!

Então, meu computador pegou um vírus daqueles bem brabos – cuidado, meninas, porque foi de outro blog! - e teve que ficar “em coma” por um bom tempo, mas graças a Deus e aos especialistas da informática, sobreviveu!

E enquanto isso...
Minha Maria como madrinha de formatura da tia Dri ...
(Eu estava devendo uma foto!)
Passeios com a mamãe

Passeio com papai e muita bagunça no Dia das Crianças

Comemoração e agradecimentos a Deus e Nossa Senhora por
mais um ano de casados... Só pra lembrar: Amor, te amo!

Minha princesa foi florista no casamento dos tios Alan e Clara...
O casamento foi show e minha Maria: Linda demais!
(Sempre sonhei em fazer essas coisas do tempo passando, como nas novelas, sabe!!!)

E mais: o desfralde da Maria foi um sucesso, claro que a ajuda da escola foi super importante... Em falar em escola, também participei da primeira reunião na escola da Maria, que assim (eu acho!) como toda escola tem sempre uma mãe que quer destacar mais o filho... Mas, aí eu e outras mães só respirávamos fundo... Foi bom, muito bom!

Ainda sobre a escola, a novidade foi que tivemos que antecipar as férias da Maria por causa da serra que estava ficando muito perigosa por causa do aumento de caminhões e carretas transitando. Maria também estava ficando super cansada e sentimos isso porque toda semana ela dava febre do nada e ficava muito amuadinha...

Mas, vou ficar atualizando vocês aos poucos, porque hoje também vim dizer que estou como convidada VIP (Very Important Person, olha isso!) no blog da minha amiga Martha mãe dalinda Lais, que está cada dia mais linda! Marthinha, parabéns pela suuuuper mãe que você é e mais uma vez obrigada pelo convite. Foi um dos textos mais difíceis da minha vida porque eu não sabia se ia conseguir passar tudo que eu estou sentindo nessa fase: ansiedade, um pouquinho de preocupação e muita, muita, muita alegria!

Bjs.
A gente se vê.
(Pode deixar que não vou demorar tanto tempo!)

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Sobra segurança e falta conforto...

Gente, é sobre a cadeirinha do carro... Já estou pra compartilhar e tirar essas dúvidas com vocês a algum tempo...

Levo mais ou menos 40 minutos todos os dias no trajeto da casa para a escola e vice-versa. A Maria vai tranqüila dormindo, porém a cadeirinha não desce tanto e acho que é normal e a cabecinha da Maria fica um tanto quanto pra lá e pra cá, até porque eu desço serra e subo serra, muitas curvas...

Já comprei uma almofada iguais aquelas que a gente anda no avião, mas não deu muito certo porque fica caindo pra frente, ai tenho que ficar parando pra ajeitar... Agora improvisei uma almofadinha daquelas mais compridinhas pra Maria colocar a cabeça, mas só firma mesmo de um lado e aí nas curvas, pra lá, pra cá... Até porque se colocar uma almofadinha de cada lado, a Maria não vai caber na poltrona.
A minha cadeirinha é essa da foto...
(Imagem tirada da net)

O Bebê conforto era muito melhor!!!

Novidade: Maria está ótima com o desfralde e nem dorme mais de fralda... Só que como a mãe não tem papas na língua (Isso é o que dizem, né!). Outro dia tinha uns pedreiros lá em casa e eu estava conversando com eles e ela perto. De repente, ela soltou: "Mãe, vou entar! Tchau moço. Eu vou fazer cocô!!"

Precisa anunciar????

Quem tiver sugestão pra cadeirinha me fala, tá.

Bjs.
A gente se vê.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Nada de bobeira!!!

Todo mundo já sabe que eu parei de trabalhar a pouco tempo para me dedicar à Maria e ao meu marido e está sendo uma delícia... Só tem uma coisa que eu acho engraçado, toda vez que eu encontro alguém que, digamos assim, não me vê a um tempinho em determinados lugares que eu freqüentava quando trabalhava fora, a pergunta é a mesma:

Pessoa: - Não tenho te visto mais... Que houve?

Eu: - Ah, eu saí de lá... Não estou trabalhando mais não...

Aí vem a expressão que eu acho engraçada (mas, também tá começando a me irritar!!!!):

Pessoa: - Ah, agora você tá de bobeira!!

Como assim??!! Donas de casa e mães, me digam: Vocês conseguem ficar de bobeira quando estão em casa???? Eu imagino que as pessoas devem pensar que eu levanto, tomo um café da manhã de pousada, vou relaxar na piscina com a Maria até dar a hora dela ir para a escola e aí então é só maravilha!!! AlÔÔÔ!!!

Gente, eu tenho muitas coisas para fazer e toda mulher que é mãe e administradora do lar, sabe bem como o nosso dia passa rápido, tem dia que eu peço para ter pelo menos 26 horas... E ainda acho quem fale: 

“Aproveita que você tá em casa e tenha logo o segundo...”
(Qualquer dia eu acho q vou deixar de tomar meu remedinho!!! Não é a pílula, não, é o Gadernal mesmo!!!)

A minha Maria tá cada vez mais comunicativa, falante e agora não pode ver um microfone que pede pra cantar. Já mostrei ela no youtube, né!

Mas, também tá entrando nessa de bobeira. Outro dia eu estava toda enrolada ainda arrumando as coisas da mudança e ela me chamando pra brincar. Eu só ficava dizendo pra ela esperar mais um pouquinho. Teve uma hora que ela não agüentou mais esperar e disse:

- Mãe, “se” boba! Vem brincar com eu!!

Daí não resisti e fiquei de bobeira a manhã toda com ela!!!
Literalmente... de bobeira!!!!
Bjs.
A gente se vê.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Na verdade, a mãe também tem que ser preparada para o desfralde!!!

É mesmo dura a vida da bailarina, quero dizer, de uma mãe!!! Mas, tudo indo e dando certo, inclusive o desfralde. Aliás, a Maria Rita não quer colocar mais fralda nem para dormir, nem para sair. Eu é que não estava preparada para isso, mas fazer o quê. Como sair correndo no shopping à caça de um banheiro, meu Deus, porque quando ela dá vontade estamos a quilômetros de distância do banheiro e quem me conhece sabe que eu sou uma das mães mais enroladas do mundo e a Maria, a filha que mais faz o que a gente fala que não é pra fazer!!!

Exemplo:
Cena 1: Acabamos de sair de casa e perguntei 497 vezes se ela queria fazer xixi ou cocô. Maria sempre responde que não quer.

Cena 2: Viramos a segunda rua pelo menos uns 300 mts da nossa casa e eu ouço uma voz vindo da cadeirinha: “Agora eu quero fazer xixi!”. O pânico toma conta... da mãe!!! (Eu sei que eu não posso deixá-la nervosa!)

Cena 3: Graças a Deus, a farmácia que tem nessa rua é do primo do papai da Maria e eu peço encarecidamente que ele nos deixe usar o banheiro pra “bonitinha” fazer xixi. Claro que ele deixa, mas deve ter pensado: “Eu, hein, mora tão perto e vem fazer xixi aqui na minha farmácia!”... Mas eu não ia voltar em casa de jeito nenhum, porque ele não sabe que eu levei umas duas horas pra conseguir sair de casa!!!

Cena 4: Repito 953 vezes pra Maria não encostar no vaso sanitário e nem colocar a mão na lixeira e ela faz o quê???? Abre a lixeira pra ver o que tem dentro e mete a mãozona no vaso!!! AAAAAAAAAAAAAi....

Cena 5: Consegui limpá-la, vesti-la e voltar para o carro, porém antes comprei um pacotinho de fralda e depois de muuuuuuuito custo consegui que ela deixasse eu colocar uma nela para que ela pudesse ficar no parquinho do shopping sem problemas...

Minha "menininha" brincando com a Branca de Neve sem fralda (aliás, as duas),
querendo já ser super independente...
Tá nesse nível!!!

Bjs.
A gente se vê.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

A volta dos que não foram...


Então, voltamos com tudo… Nesse caso, tuuuuuuuuudo mesmo! Voltamos com o blog, voltamos pra casa antiga, só ainda (ainda porque não sei o que fazer!!!) não voltei pra rotina antiga e pela Maria Rita, nem sei se tudo vai voltar como era, pelo menos algumas coisas...

Quem conhecia a Maria antes, viu como ela está muito diferente, solta e como desenvolveu, mais gordinha, tem gente até achando que ela deu uma “crescidinha”... Claro, que a escola que a Maria está frequentando nos ajudou demais, principalmente na socialização e no desfralde – estamos quase lá! Ela gostou muito da escola e nós também, por isso, mesmo a gente voltando pra casa antiga resolvemos deixá-la estudando mais um pouco lá e depois veremos no ano que vem o que fazer porque a distância é longa...

Eu acho que Deus tem um propósito pra tudo que acontece em nossas vidas e mesmo que a nossa adaptação não tenha dado certo, nos fez ver outras coisas, outras mudanças que devíamos fazer em nossas vidas...

Uma das últimas brincadeiras na casa nova que agora é a antiga porque  a nova agora
é a casa antiga... IIIIIh, que doideira!!! rsrsrs
Antes a Maria Rita chegava numa festinha, ficava agarrada comigo e agora é só ver um parquinho e outras crianças que ela fala assim: “Mamãe, vai pa lá!!”... Olha que orgulho: ela foi madrinha de formatura da tia Dri (vou ficar devendo fotinhos porque a minha máquina ficou ruim e eu não sou ninguém sem a minha câmera!), fez direitinho e até deu uma "sambadinha" no palco... 

Agora estou naquele estresse de arrumar a mudança de volta... E a bagunça da recepção da galera: é muito bom voltar para perto dos amigos e família!!!

Bjs. 
A gente se vê.